Cerveja Especial Albanos - Irish Dry Stout

R$13,00

Entregas para o CEP:

Meios de envio

Irish Dry Stout

Cerveja escura, que utiliza cevada torrada em sua composição, trazendo notas marcantes de café e chocolate. Tem corpo bem leve e fluido, bem como um teor alcoólico baixo. É o nosso café gelado!

Cervejaria: Albanos
Escola: Irlandesa
Estilo: Irish Dry Stout
ABV (teor alcóolico): 4%
IBU (amargor): 28
Copo ideal: pint
Temperatura: +/- 3°
Cor: Marrom escuro

Harmonizações Sugeridas:

  • Filé ao gorgonzola
  • Queijo provolone
  • Costelinha frita
  • ​Amêndoas defumadas.

Sobre o Estilo

O estilo Dry Stout é um estilo de origem Irlandesa e é Caracterizado pelo uso de cevada torrada ao invés de malte torrado, em função dos impostos sobre o malte que não eram cobrados sobre a cevada crua. Apresentam características mais picantes e tostadas como o café.

Guia de Estilos:

Dry Stout (Stout Seca) - 13A

Aroma: Aromas proeminentes de café, cevada tostada e malte torrado; pode haver leve aroma de chocolate, cacau e/ou cereais como notas secundárias. Ésteres de médio-baixo a nenhum. Nenhum diacetil. Aroma de lúpulo de baixo a nenhum.

Aparência: Coloração de preto a marrom profundo com reflexos de cor granada. Pode ser opaca (caso contrário deve ser translúcida). Colarinho de bege a marrom, espesso, cremoso, e persistente.

Sabor: Moderadamente tostado, sabor nítido dos cereais, com acidez moderada opcional e amargor de lúpulo de médio a alto. Final seco proveniente dos cereais tostados lembrando café. Pode apresentar um caráter de chocolate meio-amargo ou doce-amargo no paladar que persiste até o final. Fatores de equilíbrio podem incluir cremosidade, frutado de médio-baixo a nenhum e aroma de lúpulo variando de médio a nenhum. Nenhum diacetil.

Sensação de Boca: Corpo de médio-baixo a médio-alto com caráter cremoso. Carbonatação de baixa a moderada. Em vista do alto amargor de lúpulo e significativa proporção de cereais escuros presentes, essa cerveja é notavelmente macia. A percepção do corpo pode ser afetada pela densidade com as cervejas mais fracas apresentando corpo mais leve. Pode apresentar uma leve adstringência devido aos cereais torrados, embora aspereza seja indesejável.

Impressão Geral: Uma ale muito escura, torrada, amarga e cremosa

História: Este estilo evoluiu de tentativas de se aproveitar do sucesso das London Porters, mas originalmente exprimia um corpo mais cheio, cremoso e forte (“stout”). Quando uma cervejaria oferecia uma Porter ou uma Stout, a Stout era sempre a cerveja mais forte (originalmente chamada de “Stout Porter”). Versões modernas são produzidas com uma OG mais baixa e não são mais fortes que Porters.

Comentários: Esta é a versão em barril do que é conhecida como Irish Stout ou Irish Dry Stout. Versões engarrafadas são tipicamente produzidas a partir de OGs mais altas e podem ser chamadas de Foreign Extra Stout (se suficientemente fortes). Enquanto a maior parte das versões comerciais depende primariamente de cevada torrada como grão escuro, outras usam malte chocolate, malte black ou combinações dos três. O nível de amargor é um tanto variável, assim como o caráter torrado e a secura do final; permitindo interpretação dos cervejeiros.

Ingredientes: A secura provém do uso de cevada torrada não maltada em adição ao malte pale, amargor de lúpulo de moderado a alto e boa atenuação. Flocos de cevada não maltada também poderão ser usados para adicionar cremosidade. Uma porcentagem pequena (em torno de 3%) de cerveja azedada é adicionada para dar complexidade. A água normalmente apresenta teor de carbonatos moderado, embora teores mais altos não proporcionarão o clássico final seco.

FRETE GRÁTIS

Compras acima de R$150 para BH, Contagem e Nova Lima.

Compre com Segurança

Seus dados sempre protegidos.